A iniciativa desenvolvida pelo IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas e Biofílica Ambipar Environment receberá novo investimento do marketplace, viabilizando o plantio de mais 50 hectares de árvores nativas da Mata Atlântica na região do Pontal do Paranapenema

Visando compensar sua pegada de carbono hoje e gerar créditos para comercialização no futuro, o Mercado Livre vai destinar em 2022 mais R$24 milhões ao Regenera América, programa que apoia iniciativas de restauração e conservação de florestas. Somado aos R$39 milhões investidos no ano passado, serão R$87 milhões aplicados na regeneração nos principais biomas da América Latina, região que abriga 40% da biodiversidade do planeta.

Entre os projetos apoiados pelo programa está o Projeto AR Corredores de Vida, trabalho de mais de 20 anos do IPÊ na região do Pontal do Paranapanema e que, desde o ano passado, conta com a experiência na gestão de projetos de carbono florestal da Biofílica Ambipar Environment. A iniciativa une a experiência do IPÊ na restauração florestal com o know-how da Biofílica no desenvolvimento e gestão de projetos de carbono para mensuração e comercialização do CO2eq absorvido pelas áreas restauradas ao longo do período do projeto.

Em 2021, o investimento foi para a restauração de 250 hectares de Mata Atlântica. Agora, com a nova aplicação, serão 50 hectares a mais do bioma no estado de São Paulo a serem restaurados a partir do plantio de 100 mil árvores nativas. O objetivo do Projeto é recuperar 30.000 hectares em 10 anos, que permitirá remover da atmosfera mais de 11 milhões de tCO2e e gerar renda para mais de 900 famílias locais.

Além do componente climático e de biodiversidade (oriundos da diversidade de espécies nativas que removerão carbono, conectando florestas e paisagens), o projeto também promove benefícios diversos à comunidade, principalmente por meio de atividades de educação ambiental, promoção de cursos e incentivos à implantação de viveiros de mudas florestais.

Eficaz no combate às mudanças do clima, o plantio de árvores para a restauração da vegetação natural gera créditos de carbono de remoção a partir da fotossíntese, uma vez que as árvores, ao se desenvolverem, capturam e armazenam o carbono emitido na atmosfera em sua biomassa. Adicionalmente, ao restaurar essas áreas, outros benefícios ambientais são gerados, como por exemplo, proteção e recuperação do solo e dos recursos hídricos, fornecimento de alimentos, aumento da polinização e atração da fauna local, que passa a utilizar e ocupar esses ambientes reabilitados.

Conhecendo a Biofílica Ambipar Environment

Fundada em 2008, a Biofílica Ambipar Environment tem como missão a criação de um sólido e confiável mercado de serviços ambientais no Brasil, através da geração e comercialização de créditos de carbono de Nature-Based Solutions (NBS), ou Soluções Baseadas na Natureza.

Desenvolvemos projetos que promovem a redução e o sequestro de emissões de carbono por meio da conservação florestal e do reflorestamento, valorizando florestas em pé e seus serviços ambientais e protegendo a biodiversidade. Além disso, investimos em pesquisa científica e no desenvolvimento socioeconômico das comunidades que vivem nessas áreas. Somos referência nacional em compensação de reserva legal, oferecendo soluções em todas as modalidades, estados e biomas.

Conhecendo o IPÊ

O IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas é uma organização brasileira sem fins lucrativos que trabalha pela conservação da biodiversidade do país, por meio de ciência, educação e negócios sustentáveis. Fundado em 1992, tem sede em Nazaré Paulista (São Paulo), onde também fica o seu centro de educação, a ESCAS – Escola Superior de Conservação Ambiental e Sustentabilidade.

Presente nos biomas Mata Atlântica, Amazônia, Pantanal e Cerrado, o Instituto realiza cerca de 30 projetos ao ano, aplicando o Modelo IPÊ de Conservação, que envolve pesquisa científica de espécies, educação ambiental, envolvimento e mobilização comunitária, conservação de habitats e da paisagem e apoio à construção de políticas públicas. Além de projetos locais, o Instituto também implementa trabalhos em diversas regiões, seguindo os temas Áreas Protegidas, Áreas Urbanas e Pesquisa & Desenvolvimento (Capital Natural e Biodiversidade).

O IPÊ é responsável pelo plantio de 6 milhões de árvores na Mata Atlântica, contribui diretamente para a conservação de seis espécies de fauna, realiza educação ambiental e capacitação para 12 mil pessoas por ano, em média. Os projetos beneficiam 200 famílias com ações sustentáveis e conhecimento sobre conservação ambiental.

Para o desenvolvimento dos projetos socioambientais, a organização conta com parceiros de todos os setores e trabalha como articulador em frentes que promovem o engajamento e o fortalecimento mútuo entre organizações socioambientais, iniciativa privada e instituições governamentais. www.ipe.org.br

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here